sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Diálogos surreais da vida de uma solteira que joga limpo e tem a paciência curta demais para rodeios

1

- Ficar com um cara por bastante tempo é o meu normal. Estranho é quando isso não acontece.
- Ok, entendi. Voce é seletiva e me selecionou. Hahahaha. Foi mal a piada.
- Mas olha... Aula de portugues da tia Andrea: o "um" da minha frase é artigo e não numeral, sacou?
(silêncio)
- :)


2

- Ah eu queria ver se a gnt combinava algo no fim de semana...
- Vou pensar no seu caso. Hahahaha.
- Perai que vou abrir minha agenda e ligar pra outro. Estou na letra C ainda.
- Hahahahhaha (minutos depois, ele continua) Mas vamos nos ver sim :)


3

- Pensei em emagrecer.
- Ah voce já está magra. Não vai ficar legal se emagrecer demais. Podia ter mais peitos, isso sim.
- Olha, não fala isso que eu fico logo complexada de ter seios pequenos e vou te culpar pelos meus traumas.
- Poxa, mas se você tivesse além do seu bundão também um peitão ia ser incrível.
- Não se pode ter tudo na vida, não é? Eu, por exemplo, gostaria que você tivesse um pau maior. (minutos depois...) Brincadeirinha.

3 comentários:

iaiá disse...

diálogos assim. quase assim. já vivi. ah os homens modernos...tão perdidinhos..

Drika disse...

deds - minha ídola!

Andrea disse...

Iaiá, perdidos mesmo. Essa geração que nao quer escolher porque quer tudo CANSA.

Drika rs